Notícias

Publicado em: 14, Maio 2020

ARVP torna-se parceiro estratégico da Oikos para o setor do vinho

Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal (ARVP) completou no dia 6 de maio seis anos de atividade. Foi criada em 2014 e o seu objetivo primordial continua a ser associar em rede todos os agentes económicos envolvidos na dinamização das rotas dos vinhos, promovendo os territórios nacionais numa lógica de agregação, trabalho em conjunto e promoção integrada.

É tendo por base este pressuposto de agregação, integração e proximidade que a ARVP acaba de abraçar um novo desafio, consolidado num protocolo acordado com a Oikos - Cooperação e Desenvolvimento, e no qual a ARVP se assume como parceiro estratégico na Plataforma de Comércio Eletrónico "SmartFarmer".

Trata-se de um projeto que visa promover as cadeias curtas agro-alimentares, a retribuição justa ao produtor e o consumo sustentável, facilitando o acesso dos pequenos e médios agricultores ao mercado, precisamente em condições justas, privilegiando lógicas de proximidade e sustentabilidade.

É mais do que um negócio social ou um portal de comércio eletrónico, assumindo-se como uma solução para a desertificação humana do meio rural e a perda do sentido do bem comum, causados pelo divórcio entre o consumidor e o produtor. 

Nesta parceria com a Oikos, a ARVP pretende ter um marketplace que sirva de canal para os pequenos e médios produtores de vinho comercializarem os seus produtos.

ARVP dinamizadora do projeto "Vinho com Moderação"

A ARVP tornou-se parceira do programa "Wine in Moderation" e, nesse âmbito, tem desenvolvido a nível nacional inúmeras ações de sensibilização para o consumo responsável de vinho. 
O principal objetivo do programa consiste em juntar todo o setor vitivinícola à volta de uma mensagem comum dirigida a todos os consumidores de vinho além-fronteiras, a todas as gerações e a todos os géneros, independentemente de onde e quando consomem vinho.
A ARVP tem vindo a reforçar as ações de sensibilização, com uma presença mais marcada em feiras e eventos, apresentando uma mensagem que convida os visitantes a descobrir as rotas do vinho e o enoturismo de Portugal, mas sempre apreciando os nossos vinhos com moderação. 
Em estreita colaboração com a AMPV, a mensagem do consumo responsável de vinho tem também chegado aos municípios e tem sido um dos temas abordados nas reuniões de trabalho que a AMPV desenvolve regularmente com os seus associados.

Enoturismo: Ações de Benchmarking

A ARVP, juntamente com a Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, iniciou no ano passado um projeto que visa o levantamento e avaliação da oferta enoturística nacional, com a realização de ações de benchmarking e reuniões de trabalho nas diferentes regiões vitivinícolas do país, com o objetivo de trabalhar as Rotas de Vinho de uma forma integrada e em rede, avaliando a oferta enoturística por região e segundo critérios pré-definidos, e que culminará no levantamento de toda a oferta enoturística de Portugal.

O projeto Enoturismo.pt pretende agregar, de forma integrada e estruturada, a oferta dos diversos atores do enoturismo em Portugal. 

< voltar